educação

Direito: saiba tudo sobre um dos cursos mais tradicionais do país

O mercado de trabalho para quem decide seguir a carreira no Direito continua bem aquecido não só no Brasil, como no mundo, principalmente em um cenário onde as pessoas estão bem informadas sobre os seus direitos e recorrem cada vez mais a esse profissional para promover a justiça, e uma pergunta muito frequente entre aqueles que ainda estão passando pela fase de escolha da profissão é sobre quantos anos dura o curso de Direito.

De uma maneira geral, o curso de Direito pode ser concluído em cinco anos, sendo que as matérias que fazem parte da grade curricular exigida pelo MEC costumam ser bem puxadas, exigindo uma dedicação cada vez maior dos alunos, para que sejam formados bons profissionais.

Uma curiosidade é que o Brasil está entre os países que possui o maior número de faculdades de direito do mundo, ao todo, mais de mil entidades são reconhecidos pelo MEC e estão aptas a oferecerem o Direito para os seus alunos, porém, mesmo com esse número, o Direito ainda continua sendo um dos cursos mais concorridos do país.

Um dos motivos dessa disputa ser tão acirrada é sem dúvida os altos salários que muitas vezes esses profissionais conseguem atingir ao longo da sua carreira, tudo vai depender da área de especialização, e também no órgão ou especialidade em que irá atuar, todos esses fatores acabam influenciando no valor final a ser recebido.

Em cada fase do curso de Direito são estudadas matérias específicas, e o bom desempenho já garante ao estudante o excelente CR, capaz de fazer toda diferença no futuro, quando algumas instituições levam esse fato em consideração.

Saiba mais sobre a prova da OAB após o curso de Direito

Passado a fase da faculdade, os alunos de direito precisam enfrentar outro ponto importante na sua formação, trata-se da prova da Ordem dos Advogados do Brasil, um procedimento obrigatório para quem deseja atuar dentro dos requisitos exigidos pela profissão.

E uma pergunta muito frequente entre os recém-formados em direito é como funciona a prova da OAB, o primeiro a saber é que ela é obrigatória, como mencionado acima, o aluno tem três chances de realizá-la por ano e cada prova é composta por duas fases eliminatórios, por ser um assunto complexo, muitos optam por fazer cursinhos preparatórios específicos para enfrentar esse momento.

A primeira fase da prova da OAB é composta por 100 perguntas objetivas, tendo como base o conteúdo obrigatório ministrado durante a faculdade, nesse momento o candidato precisa acertar pelo menos 50% das questões. Já a segunda fase é dividida em duas partes, uma redação e cinco questões práticas, nesse caso é permitido a consulta ao material de apoio, porém, é proibido fazer anotações.

direitoPerigo de advogar sem passar na OAB

Existem alguns casos em que o Bacharel em Direito pode atuar sem a carteira emitida pela OAB, como, por exemplo, de professor, porém, para aqueles que desejam atuar no mercado advogando de fato ela é obrigatória e existe um enorme perigo de advogar sem passar na OAB.

Quem trabalha usando o título de advogado sem essa carteira pode responder a processos jurídicos, como, por exemplo, Crimes de Estelionato, Falsidade Ideológica, Uso de documento falso, entre outros.

Compart. 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *