Saúde

Terçol: Como tratar? Quais são as causas? E tratamento?

Terçol: Como tratar? Quais são as causas? E tratamento?

Por mais que tenhamos todo o cuidado do mundo na hora de cuida da pele, principalmente do rosto, é muito comum termos ou vermos aqueles carocinhos vermelhos em nossos olhos. Dificilmente as pessoas sabem do que se trata, mas buscam e querem fazer de tudo para que desapareça. Você sabe o que é? É bastante comum e é conhecido por terçol ou, popularmente como “bonitinho”.

Se você já teve terçol, provavelmente quer se prevenir. Continue lendo esse artigo e tire todas as suas dúvidas. Confira!

O que é?

O terçol é muito comum tanto em adultos quanto em crianças, consiste em uma inflação nos olhos, na pálpebra. Dessa forma, é provocado pelo entupimento das glândulas que ficam presentes na bordas das pálpebras ou até, quando chegam a ser infectadas por algum tipo de bactéria.

Tecnicamente falando, o terçol acontece quando há uma inflamação nas glândulas Zeiss e Mol localizadas nas regiões externas da pálpebra. Já quando há uma inflamação na glândula interna, Meiboumius, é um caso mais grave que traz sintomas bem mais dolorosos e só deve ser retirado com cirurgia.

Quais são as causas do Terçol?

O terçol pode acontecer por diversos motivos, dentre eles:

  • Excesso de oleosidade nos olhos: em casos que as pessoas produzem um sebo mais excessivo nessa região e assim, as glândulas acabam sendo obstruídas
  • Mau funcionamento da glândula: ocorre quando há algum tipo de problema até na ação de alguma estrutura
  • Infecção bacteriana: quando há o alojamento de uma bactéria na glândula
  • Blefarite: Uma doença que causa inflamação na borda das pálpebras, logo no local de nascimento dos cílios

Prevenção

A prevenção do terçol é de acordo das causas e fatores de risco de cada causa. Por exemplo, se o indivíduo tem Blefarite, pode prevenir o terçol apenas fazendo a higienização dos olhos de forma adequada como shampoo para crianças. Já aquelas pessoas que possuem excesso de oleosidade, é necessário buscar um dermatologista para tratar o problema, pode até haver mudanças na alimentação.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre o terçol, deixe um comentário!

0 Compart.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *